Academia digital

O comportamento do consumidor mudou e é esse comportamento que dita a dinâmica dos mercados! O seu negócio precisa se adaptar às mudanças nos hábitos de consumo do cliente, seja em termos de produtos ou serviços!

Somente em 2020, mais de 70.000 aplicativos de treino foram criados e, se existe oferta, a demanda vem logo em seguida! E não é de se espantar: durante a pandemia, houve um aumento na busca por startups – empresas atuando predominantemente no digital – que oferecessem serviços essenciais, que facilitassem a adaptação à nova rotina e que oferecessem suporte financeiro, segundo dados do Google.

Infelizmente, existe uma grande chance de que o abre-e-fecha-de-academias ainda dure algum tempo… É preciso se adaptar!

E se o consumidor está se adaptando à essa nova realidade, por que sua empresa não segue essa tendência? Por que não oferecer produtos e serviços para esse cliente que, apesar de não poder estar presente fisicamente, continua consumindo?

Aumento da demanda

Academia ainda é um item supérfluo para muitas pessoas, mas a necessidade de se exercitar – principalmente durante o isolamento/distanciamento social – e a possibilidade de se reduzir custos treinando em casa (não se utiliza o carro, não se precisa comprar roupas e tênis da moda, não se gasta tempo com deslocamento…), tem feito a demanda por atividade física aumentar durante a pandemia. E por mais que se diga que “academias são essenciais”, a mensagem que o CONSUMIDOR passa é que o “exercício físico é essencial”. E ele pode ser realizado em diversos lugares além da academia!

É preciso, então, mudar o rumo do seu negócio! Não é preciso fechar a sua academia, mas uma vez que se verifica uma tendência de um mercado híbrido (on-line e off-line) no mundo fitness e muitos profissionais autônomos já estão atuando nesse ambiente, por que sua academia também não pode oferecer produtos e serviços digitais?

O mercado fitness no pós-pandemia

Existe uma grande tendência – que, na verdade, já começa a se tornar realidade – de que o mercado fitness seja um mercado híbrido quando a pandemia acabar. Isso quer dizer que produtos e serviços serão oferecidos off-line (fisicamente) e on-line (no ambiente digital).

É fácil observar isso por conta dessa mudança de hábitos do consumidor: todas as buscas relacionadas à saúde tiveram crescimento em 2020, em especial as buscas por exercícios e atividades em casa, práticas saudáveis e focadas no autocuidado.

Provavelmente, o consumidor vai buscar empresas que atuem off-line e on-line, fortalecendo o conceito de omnichannel, onde as empresas buscam atuar em diversos canais. Se sua academia não se posicionar dessa forma, pode ser que você continue tendo seus clientes fisicamente, mas muitos deles farão a adesão a um programa de exercícios on-line para quando não puderem ou não quiserem ir para a academia! Você precisa preencher essa lacuna!

Outro ponto importante para essa decisão de mudança no seu modelo de negócio – que NÃO significa fechar sua academia – é a possibilidade de “escalar” o seu negócio. Já pensou quantos clientes você pode conquistar no ambiente on-line? Sem barreiras físicas, geográficas e até mesmo financeiras, uma vez que serviços on-line tendem a ser mais baratos que os mesmos serviços prestados fisicamente.

Por mais que você tente resistir, esse é o futuro – já presente – no mercado fitness! Muitos profissionais autônomos já acharam, no segmento on-line, a solução para os problemas da pandemia e estão tendo sucesso com essa nova experiência! Poucas academias, entretanto, conseguem enxergar essa solução e virar a chave para experimentar um novo período de bonança e crescimento! O comportamento do consumidor mudou e é ele quem determina a dinâmica dos mercados! Sua academia vai ficar de fora? Chegou a sua hora!

O que vai vender no pós-pandemia

Se você realmente acredita que o mercado fitness mudou porque o comportamento do consumidor também mudou, então é preciso que você também mude a forma como conduz o seu negócio!

O cliente de academia parece estar acostumado com a ideia de não atingir seus resultados com relação à prática da atividade física em academias, mas ainda assim, uma boa parte continua na academia! É preciso mudar isso!

Se você ainda vende planos na sua academia, pode estar perdendo clientes! Isso porque, ao aderir a um plano, a relação cliente-academia não tem nada que garanta o atingimento dos resultados almejados pelo cliente. Além disso, não existe uma proposta de valor na compra/venda de planos!

A solução para isso? Venda produtos!

Quando você se propõe a vender produtos, em primeiro lugar vai precisar assumir um compromisso com o resultado do cliente. Isso porque, ao delinear um produto, você precisa determinar as características desse produto e o primeiro deles deve ser O QUE você vai entregar para ele. Assim, em um “produto” criado para quem quer emagrecer, é preciso, na hora da venda, apresentar todas essas características.

Dessa forma, você transforma o “plano” que costumava vender em um “produto” mais concreto e tangível, o que melhora a percepção do cliente em relação ao serviço que você presta.

Uma outra vantagem da criação de produtos é que você pode precificar acima do valor de um plano. Isso porque você está entregando muito mais do que um simples “pague-e-venha-treinar”. Além disso, para um mesmo período correspondente a um plano, você pode criar diversos outros produtos com características diferentes e para públicos diferentes!

Depois da pandemia, o consumidor vai buscar cuidar muito mais da sua saúde, mas também vai estar muito mais seletivo em seus hábitos de consumo e sua academia terá que se adaptar a isso!

Veja aqui um passo a a passo para criar um produto para a sua academia.

Como tornar sua academia digital

Com o abre e fecha dos estabelecimentos por meio de decretos das diversas prefeituras, muitas academias, infelizmente, não estão conseguindo dar continuidade às suas operações.

E SE vierem outros fechamentos, abre e fecha, abre e fecha? Até quando você vai ter fôlego para viver nessa situação? Será que é melhor fechar sua academia em vez de mudar o rumo do seu negócio?

Se você tem uma academia física, não é preciso fechá-la! O mercado fitness, após a pandemia, SERÁ um mercado híbrido e a sua atuação deverá ser off-line, mas também on-line! Ao contrário do que possa se pensar, não é muito difícil transformar sua academia em uma academia on-line!

Vamos a um passo a passo básico?

  • Crie um produto que possa ser vendido também on-line.
  • A entrega sempre será (mas não somente) na forma de exercícios físicos, então é necessário ter uma série de aulas gravadas em diversas modalidades.
  • Crie processos de vendas para os produtos digitais.
  • Crie mecanismos de controle para checar o ciclo de vendas, em termos de produtividade e qualidade do serviço prestado.
  • Crie métricas (KPI’s) para avaliar o desempenho de seus produtos.
  • Venda, venda, venda!

No início, tudo poderá ser um pouco trabalhoso, mas com os processos bem delineados e treinamento da sua equipe, tudo fica mais fácil!

Talvez o maior gargalo que você possa encontrar nesse momento é a gravação das aulas. Mas existe uma solução muito prática e já pronta para isso!

Entre em contato comigo para conhecê-la!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Vendas em Academias
Enviar