Você chora ou vende lenços?

Essa pegunta se encaixa muito bem na tragédia que envolveu a equipe da Chapecoense! Enxergar uma oportunidade numa adversidade é característica de grandes empreendedores! Desculpem, a tragédia entristece a todos nós, mas depois dela, a vida continua! Ou você se sensibiliza durante a tragédia e depois volta a ter atitudes não condizentes com o espírito de solidariedade?

Pois bem, o que tem se visto nesses dias depois da tragédia é uma verdadeira aula de empreendedorismo e gestão, tanto por parte da administração da Chapecoense, quanto por empresas que visualizaram na tragédia uma oportunidade de crescimento. De onde sairiam as faixas “Vamos, Chape!” se o proprietário da empresa que as produz estivesse, simplesmente, chorando a tragédia? De onde viriam as estruturas utilizadas para as cerimônias em homenagem aos jogadores na Arena Condá?

vamos-chape

Em apenas dois dias, a equipe de comunicação da Chapecoense teve que segurar as lágrimas e preparar, além da homenagem, o velório coletivo realizado no estádio. O mundo estará de olho, a imprensa nacional quer estar presente para mostrar ao mundo, além da cobertura jornalística, a solidariedade de todos. Como organizar tudo isso se os envolvidos estiverem, simplesmente, chorando?

Sensibilizemo-nos todos os dias com as tragédias que acontecem corriqueiramente e trabalhemos para um mundo melhor, mas que não deixemos nunca de enxergar oportunidades de crescimento – pessoal e financeiro, sim – em qualquer situação que se nos apresente! Somente assim sua empresa vai crescer e superar momentos de adversidades onde o ambiente externo, apesar de parecer desfavorável, pode apresentar um mundo de novas possibilidades!

Pense nisso, pare de chorar e passe a vender lenços!

#forçaChape

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Vendas em Academias
Enviar