A propaganda na internet é a alma do negócio

No dia 29 de julho de 2011 surgiu um vídeo na internet fazendo propaganda de um novo modelo de pick up da marca Nissan. Enquanto essa postagem é escrita, 10 dias após o lançamento do vídeo, ele já contabilizava quase 9 milhões de acessos. Além da criatividade da propaganda, existe um outro ponto por trás desse sucesso.

Com a chegada da internet, alguns parâmetros estão mudando na área do marketing: uma propaganda divulgada no horário nobre da TV, onde milhões de pessoas possam (talvez) visualizar o produto e a marca, custa milhares de reais. Existe o risco dessas milhões de pessoas não estarem na frente da TV na hora do intervalo e se assistirem, não irão telefonar para seus amigos para contar o que viram.  A Nissan colocou a propaganda na TV aberta a um custo bastante alto. Mas colocou o vídeo também na internet a custo zero para quem quisesse ver. E quem gostou vai mandar por e-mail, Facebook, Orkut ou Twitter, vai curtir, retuitar ou promover. A propaganda vai ficar indefinidamente na rede, permitindo que a marca também seja vista regularmente. Em toda divulgação está prevista uma taxa de conversão, então, teoricamente, quanto mais visualizações, mais vendas ou pelo menos servirá para fortalecer o branding da marca. Além do custo zero, a empresa pôde incluir uma animação ao final do vídeo que não seria possível na TV: as pessoas foram estimuladas a repassarem o vídeo para outras sob pena de sofrerem a “Maldição do Pônei”. Com o lançamento do vídeo oficial, uma série de outros vídeos não-oficiais foram produzidos: funks, montagens engraçadas, vídeos sem sentido… Isso tudo faz com que a marca se fortaleça ainda mais na mente dos consumidores.

 

A Nissan quebrou de vez o paradigma da internet como meio de divulgação de massa e mostrou que qualquer propaganda pode ser eficiente com um baixo custo, apesar de ainda utilizar o meio televisivo para veicular seus comerciais. Essa ferramenta não é privilégio de grandes marcas; qualquer empresa, com um planejamento de marketing bem estruturado pode potencializar sua marca E aumentar as vendas.

Parabéns à Nissan que explora um filão que dará cada vez mais retorno às marcas que se dispuserem a utilizar as ferramentas da internet para divulgarem seus produtos e serviços. Às marcas que ainda não aderiram à essa ferramenta, corram! Esse é o futuro das marcas que desejam se manter à frente de seus concorrentes.

Nossa marca está na internet, e a sua?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Vendas em Academias
Enviar