Panorama do mercado fitness: academias são essenciais?

Recentemente o profissional de Educação Física foi enquadrado como profissional da área de saúde e uma série de decretos municipais também enquadraram as academias como estabelecimentos essenciais para a promoção da saúde da população. Claro que isso é uma vitória para o mercado fitness, mas parece que esqueceram de combinar com os clientes!

Um decreto de essencialidade, por si só, faz com que os clientes voltem para a academia? Acreditar nisso é não enxergar o seu negócio com os olhos do cliente! Uma pesquisa relatou que quase 50% dos clientes NÃO retornarão para as academias! Seu cliente acha mesmo que academia é essencial? É preciso entender as expectativas dos clientes no pós-pandemia e trabalhar em cima disso para traçar suas estratégias de vendas.

Será que não está faltando alguma coisa nessa equação? Sim! A COMUNICAÇÃO! Mas não basta a comunicação dizendo que academias são essenciais! É preciso mudar toda a “copy” que você faz nas suas divulgações! Se você continuar focando no público que quer emagrecer, vai continuar limitando o público que poderia estar na sua academia! Além disso, o mindset dos seus colaboradores também precisa ser trabalhado! Como eles vão vender saúde, estando acostumados a vender “malhação” e emagrecimento?

Por outro lado, mais uma vez, uma série de cidades decretaram o fechamento de estabelecimentos e muitas incluíram as academias nessa lista (estamos em janeiro de 2021).

Quando se pensa em planejamento, uma das ferramentas que se pode utilizar é a análise SWOT: em uma matriz, faz-se uma lista dos pontos fortes e fracos da empresa e das ameaças e oportunidades que o AMBIENTE EXTERNO proporciona. A partir daí, pensa-se em soluções para cada uma das ameaças e ações para se potencializar as oportunidades.

Parece que, nesse momento, a maior ameaça é o abre-e-fecha das academias. E a solução para isso, você, gestor, tem? Reclamar dos prefeitos, fazer manifestações, acusar CREFs e até a ACAD Brasil (Associação Brasileira de Academias), que vem fazendo um excelente trabalho nessa pandemia em prol das academias, NÃO é uma opção!

Em contrapartida à essa ameaça, existe uma grande oportunidade: sua academia atuando no ambiente digital! Essa é uma das tendências do fitness para 2021, reportadas pelo American College of Sports Medicine (ACSM). Na verdade, o digital ocupa diversas posições nas 20 tendências do fitness para 2021!

Mesmo antes do relatório com as tendências ser lançado, já se cogitava um mercado fitness “híbrido” e muitas academias e personal trainers que estão migrando para esse ambiente estão experimentando resultados melhores!

A decisão é sua, gestor, entre continuar com um mindset que já não permite enxergar soluções novas, ou mudar totalmente a sua mentalidade para vislumbrar um mar de oportunidades pós-pandemia!

Como as tendências pós-Coronavírus podem afetar as vendas da sua academia

novos-habitos-de-higiene

A principal tendência que se tem vislumbrado para o mercado fitness após a pandemia do novo Coronavírus é que ele vai ser um mercado híbrido: as academias que quiserem continuar operando vão precisar atuar tanto no online quanto no offline. Mas existem outras tendências pós-pandemia para as academias.

Os clientes estão sendo estimulados a participar mais virtualmente no relacionamento com as academias, além de consumir conteúdo em vídeo e áudio em diversas plataformas. E isso é um hábito que vai permanecer!

O jornal El Pais publicou um artigo com dez tendências para o mundo pós-pandemia e  nós vamos expor como algumas dessas tendências podem afetar o mercado fitness.

Segundo o artigo, o novo Coronavírus está sendo um “acelerador de futuro”, uma vez que muitas mudanças já estavam em curso, como é o caso da educação á distância, que tem tudo a ver com a enxurrada de aulas online que as academias estão disponibilizando durante a quarentena. A solidariedade e a empatia também têm sido qualidades muito exacerbadas nesse período e se elas têm a ver com atendimento, seus clientes vão cobrar muito mais isso do seu time de profissionais!

Essas são as tendências apontadas na reportagem do El Pais e nós vislumbramos algumas maneiras pela qual elas podem afetar diretamente o mercado fitness; se você der atenção e se adaptar a elas, certamente, elas vão refletir positivamente nas suas vendas:

Revisão de crenças e valores

Como foi dito, solidariedade e empatia são qualidades que estão florescendo mais nas pessoas! Sua academia vai precisar praticar isso, seja no âmbito da própria academia ou e tornando, cada vez mais, uma empresa cidadã. Além disso, sua equipe vai ter que estar muito mais bem preparada – do ponto de vista comportamental – para dar um atendimento de qualidade. Primeiro porque a empatia é fundamental para gerar vendas eficazes e, segundo, porque os próprios clientes vão cobrar isso! Ou talvez não cobrem, mas vão continuar abandonando sua academia se isso não for corrigido!

Menos é mais

As pessoas estão percebendo que podem ficar sem consumir! Primeiro porque está tudo fechado e, segundo, com as previsões de queda na economia o dinheiro pode ficar escasso durante algum tempo. Ainda assim os clientes continuarão a exigir mais por menos! A saída, para as academias, é o online, onde é possível “escalar” seu negócio e captar muito mais clientes!

Reconfiguração dos espaços públicos

Os hábitos de higiene das pessoas definitivamente está mudando durante essa pandemia e assim vai continuar depois que tudo passar! Isso quer dizer que sua academia vai ter que ter um outro olhar sobre a higienização dos ambientes e convivência no seu espaço físico: mais álcool em gel, maior frequência de limpeza dos banheiros, dentro outros. A volta vai ser um excelente momento para você trabalhar a utilização da toalha individual que seu cliente insiste em não usar!

Novos modelos de negócios nos restaurantes

Claro que você não vai montar um restaurante na sua academia, mas aqui pode-se fazer uma analogia com o crescimento do sistema de delivery que esse tipo de negócio fez crescer nesse período de quarentena: o sistema delivery na sua academia serão as aulas online (ou outros produtos virtuais) que você VAI TER que desenvolver no pós-pandemia. Você até pode ter uma baixa na quantidade de clientes virtuais, mas a tendência é que você consiga escalar o seu negócio virtualmente. Mas isso vai passar por uma mudança no seu mindset e muito, mas muito planejamento!

Experiências imersivas

Como no período de quarentena, tudo está acontecendo online, sua academia vai ter que entrar de vez nesse mundo, até porque essa é uma constante tendência do fitness divulgada anualmente pelo American College of Sports Medicine (ACSM). O que você vai aportar de investimento para isso está diretamente relacionada ao seu fôlego financeiro como empresa, mas tecnologia tem a ver com gamificação e nem toda gamificação requer altos investimentos em tecnologia!

Trabalho remoto

Já pensou em ter no seu time professores que nem aparecem na academia? Sua empresa estar localizada no Rio de Janeiro e ter um professor morando no Recife? No modo online desse novo mercado híbrido que vai surgir, isso será possível! Mas, mais uma vez, o planejamento e o mindset voltado para a criatividade – você vai precisar criar novos produtos – serão fundamentais para essas novas estratégias!

Morar perto do trabalho

Com as demissões acontecendo durante o período de quarentena e as previsões de que se leve cerca de dois anos para se desenvolver uma vacina contra o vírus, o medo de contágio vai permanecer, mesmo depois que tudo voltar ao “normal”. Assim, para evitar deslocamentos longos onde se tem contato com mais pessoas e diminuir custos, a tendência é que sejam contratados profissionais que morem perto dos locais de trabalho.

Shopstreaming

Um termo criado para representar a junção da enxurrada de lives com as vendas online que diversas empresas estão praticando. Sua academia pode não ter uma “loja virtual”, mas vai precisar desenvolver estratégias matadoras de venda dos produtos online que você VAI TER que criar!

Busca por novos conhecimentos

A quarentena gerou uma onda de solidariedade onde diversas empresas abriram suas plataformas de cursos online gratuitamente, publicações foram disponibilizadas também gratuitamente e tudo isso gerou uma demanda de pessoas buscando, talvez não novos conhecimentos, mas coisas para fazer durante a quarentena. Entretanto, isso tende a se tornar um hábito permanente e sua academia pode se beneficiar disso desenvolvendo conteúdos educativos – claro que no campo da atividade física – para disciplinar cada vez mais seu público.

Educação à distância

Se a busca por novos conhecimentos vai se tornar um hábito, muito desse conhecimento vai ser consumido à distância! E esse conteúdo educativo que você vai produzir – que pode ser colaborativo, com a parceria de outros profissionais – tem que estar em uma plataforma online! Não são apenas os clientes da sua academia que poderão consumir esse conteúdo; essa pode ser uma forma de você escalar ainda mais o seu negócio!

 

Por essas tendências, pode-se perceber que, a transição do mercado fitness para um modelo híbrido vai permitir que você atinja muito mais pessoas com seu conteúdo, podendo captar mais clientes, mesmo que eles estejam a quilômetros de distância do seu negócio físico!

Mais uma vez, o planejamento vai ser fundamental para essa nova realidade! Você já está se planejando?

 

 

 

Vendas em Academias
Enviar